Por que não desistir de estudar uma língua


Artigo por Bianca Otávio


Vários são os motivos que levam uma pessoa a estudar um novo idioma, desde motivos profissionais visto que o domínio de uma segunda língua é considerado um requisito tão importante quanto uma graduação, até realizações pessoais como ouvir e entender músicas/filmes, viajar mais facilmente pelo mundo, entre tantas outras motivações.


No entanto, ao mesmo tempo em que muitos iniciam esse tipo de aprendizagem, o número de pessoas que desistem no meio do caminho é surpreendente e até mesmo assustador. Muitos deles iniciam, param, retornam e param novamente e assim sucessivamente, sendo que cada retorno é mais desmotivador que o outro.


O motivo dessa ocorrência varia um pouco de acordo com a pessoa, mas no geral as razões são bem similares, para os adultos a velha “desculpa” sobre a falta de tempo é a que predomina. De fato, estudar uma nova língua quando adulto é realmente mais difícil devido à rotina corrida dessas pessoas, mas o que fazer para não permitir que os alunos desistam de aprender um novo idioma?


Infelizmente não existe uma única resposta para essa pergunta ou uma formula mágica que possa resolver essa questão. Contundo, independente do por que você pretende aprender um novo idioma avalie muito bem todas as razões que o levaram a iniciar esse aprendizado. Se o que o motivou a dar início aos estudos foi uma questão profissional, avalie os benefícios que esse aprendizado proporcionará na evolução de sua carreira. Por outro lado, se for um motivo pessoal, analise a satisfação em aprender algo que você tanto almeja (por mais difícil que a língua possa parecer). E ainda, caso conclua não ter nenhuma afinidade com o idioma, por exemplo, “não gosto de inglês, prefiro espanhol”, então vá estudar espanhol, ou ainda, “essa língua é muito complicada, acho que não nasci para isso”, será que a língua é tão complicada como diz ou inconscientemente não está criando um preconceito olhando apenas a dificuldade inicial antes de se dar a oportunidade de ao menos tentar aprender?


Independente da língua e da razão que o fez escolher estudar, pense, avalie e repense antes de desistir. O inicio será difícil mesmo, mas não impossível. Será necessário um pouco mais de esforço, dedicação e tempo, afinal você não será fluente em um idioma da noite para o dia, o que não quer dizer que você precise passar noites mal dormidas para estudar, alias nunca faça isso, pois o levara ao cansaço e consequentemente a desmotivação. Reservar 20 minutos do seu dia dedicado ao contato com a língua estudada o ajudará e muito em sua aprendizagem. Não se deixe desanimar na primeira dificuldade, avalie sempre suas opções, motivações, necessidades e sonhos. Esses fatores serão essenciais em seu aprendizado.


Bons estudos!!! ☺

10 views0 comments

Recent Posts

See All